Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Apresentaçao NunoCunha
Sab Jul 23, 2016 8:33 pm por NunoCunha

» Apresentação de Ze_Lagarto
Dom Nov 15, 2015 11:31 pm por Admin

» Apresentação LuisMoreira
Qui Out 16, 2014 8:46 pm por PIPAS

» Malaguti F12 Phantom
Qui Out 16, 2014 8:13 pm por luismoreira

» ATOM LEONLY
Qua Mar 12, 2014 1:52 pm por luisfilipex

» Imagem do dia
Dom Fev 02, 2014 8:51 pm por luisfilipex

» Apresentaçao claudioextreme
Qua Nov 20, 2013 11:23 pm por luisfilipex

» Vendo CDI..............................
Sex Nov 08, 2013 10:28 pm por PIPAS

» Apresentação Lucius.85
Sex Nov 08, 2013 10:04 pm por Admin

» Ajuda - Revisão Honda X8R
Sex Nov 08, 2013 9:26 pm por PIPAS

» Malucos para tudo
Dom Out 20, 2013 8:10 pm por luisfilipex

» De Scooter ao Greenfest
Sex Out 04, 2013 2:06 am por mariomcarvalho

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante :: 1 Motor de busca

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 62 em Sex Abr 01, 2016 4:22 pm
Custo Justo

Anúncios grátis

Andar de moto faz de ti uma pessoa melhor e mais inteligente

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Andar de moto faz de ti uma pessoa melhor e mais inteligente

Mensagem  luisfilipex em Qua Jul 10, 2013 11:06 pm




Dr Ryuta Kawashima, autor do famoso jogo da Nintendo Dr Kawashima’s Brain Training: How Old Is Your Brain (Que idade tem o seu cérebro), declarou que o resultado do seu estudo “A relação entre a condução de um motociclo e a mente humana" mostrou que a condução diária de um motociclo pode realmente manter o cérebro em funcionamento em condições de pico.

O estudo realizado pelo Dr Kawashima na Universidade de Tóquio demonstrou que os condutores com idades compreendidas entre os  40 e 50 anos apresentaram, em comparação com um grupo de controlo, uma melhoria dos níveis cognitivos depois de conduzirem diariamente os seus motociclos num período de apenas dois meses.

A equipa de cientistas acredita que a concentração extra necessária para manobrar um motociclo pode contribuir para níveis mais elevados de função cerebral geral e que esse aumento é um fator que contribui para o apelo dos motociclos como transporte. É a forma como uma simples condução de uma mota transforma uma simples viagem num desafio em que os sentidos definem o motociclista para além do condutor diário. Enquanto o típico condutor diário de carro se faz transportar do ponto A para o ponto B, um motociclista  é verdadeiramente transportado para um diferente estado de consciência.  Conduzir um motociclo é a entrada num clube exclusivo no qual a viagem é realmente o destino.

As experiências do Dr. Kawashima’s englobaram condutores com uma média de 45 anos e que conduzem o seu motociclo de forma regular e ex-motociclistas que antigamente eram condutores regulares, mas que não conduzem um motociclo há 10 ou mais anos. O participantes percorreram oito percursos diferentes em diferentes circunstâncias, enquanto a sua atividade cerebral era gravada. Os percursos incluíram uma série de curvas, más condições das estradas, montanhas íngremes, hair-pins e uma variedade de outros desafios de condução.

Após a análise dos dados, constatou-se que os atuais pilotos e ex-pilotos usaram o seu cérebro de forma muito diferente. Quando os atuais pilotos conduziram o motociclo, segmentos específicos dos seus cérebros (hemisfério direito do lobo pré-frontal) foram acionados e os pilotos demonstraram um maior nível de concentração. Assim, os pilotos regulares parecem ter um cérebro mais ativo!

A sua próxima experiência foi testar como o hábito de conduzir uma mota afeta o cérebro.

A amostra da pesquisa englobou  pessoas saudáveis ​​que não tinham conduzido um motociclo há 10 ou mais anos. Ao longo de alguns meses, os condutores utilizaram um motociclo na sua deslocação diária e noutras situações do quotidiano, enquanto a equipa de investigadores estudou as alterações nos seus cérebros e na sua saúde mental. O resultado demonstrou que o uso de motociclos na vida quotidiana melhorou as capacidades cognitivas, particularmente aquelas que se relacionam com a memória e capacidade de raciocínio espacial.

Foi descoberto um  benefício adicional quando os participantes revelaram nos questionários que seus níveis de stresse tinham sido reduzidos e que o seu estado mental tinha melhorado.

Então, são estes benefícios exclusivos para motociclos e scooters? Será que conduzir um carro tem o mesmo efeito? Aparentemente, não. Kawashima afirmou. "Um carro é uma máquina confortável que não ativa os nossos cérebros. Ao se utilizar um motociclo na nossa  vida, podemos ter efeitos positivos nos nossos cérebros e nas nossas mentes”.

Assim, é conclusivo. Os motociclos e scooters não permitem apenas uma poupança monetária, de tempo na ida para o trabalho e para casa e são amigos do ambiente. Estes veículos também o tornam mais feliz e inteligente.



fonte: http://www.geton.co.uk/news-reviews/topics/riding-makes-you-smarter#E5orYMEHiY8VUV3J.99
avatar
luisfilipex

Mensagens : 38
Data de inscrição : 16/03/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum